Buscar

Projeto Cooperativismo SAF/UFV realiza oficinas em Colatina (ES) e Montes Claros (MG)

Na última sexta-feira (25) ocorreram, nas cidades de Colatina (ES) e Montes Claros (MG), as primeiras oficinas de apresentação do Projeto Cooperativismo SAF/UFV, desenvolvido em parceria entre a Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a Universidade Federal de Viçosa (UFV). Com duração de duas horas, os eventos foram destinados à exposição dos objetivos e metas do projeto, conteúdos dos cursos de capacitação, cronograma das atividades e instruções acerca das inscrições, custeio e emissão de certificados aos participantes.


Em Montes Claros, a apresentação ocorreu no Auditório do Centro de Ciências Humanas da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), com o apoio da instituição e da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA). As atividades foram coordenadas pelos professores Brício Reis e Janderson Damaceno dos Reis, do Departamento de Economia Rural (DER) da UFV, e pela servidora técnico-administrativa Aline Xisto Rodrigues. Em Colatina, a oficina foi realizada no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). A divulgação teve a participação dos professores Mateus Neves, Nathália Cosmo e Pablo Albino, do mesmo departamento, e da estudante de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural (PPGER) da UFV, Thaís Teixeira.


De acordo com a professora Nathália, “a participação do público foi importante para entender as expectativas dos apoiadores e também dos beneficiários do projeto. Foi um espaço para melhor conhecer as especificidades dos atores que estão interessados nos cursos, essencial para que o desenvolvimento dos módulos seja compatível com a realidade local”. Os módulos que compõem os cursos são: Gestão de empreendimentos coletivos e mercados (módulo 1); Governança participativa, redes de sociabilidade e meio ambiente (módulo 2); Contabilidade e finanças (módulo 3); e Políticas públicas e agricultura familiar: características e mecanismos de acesso (módulo 4).


Para Marcilene Penha de Jesus, tesoureira da Associação Quilombola de Negreiro, localizada no Espírito Santo, a expectativa sobre o projeto é muito boa: “a gente entende que capacitar é a melhor forma porque todo dia muda, há uma rotatividade muito grande na associação. Então, quando você começa a capacitar a comunidade, esse crescimento pessoal acaba influenciando nos projetos que têm dentro dela”. José Márcio França Alkmin, presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) de Espinosa (MG), também destacou relevância do projeto: “foi maravilhoso! A iniciativa é necessária. A universidade está saindo do campus pra mostrar no campo como funcionar, isso é muito interessante. Os produtores da agricultura familiar realmente precisam de um apoio para as coisas que eles produzem com tanto sacrifício aqui no Norte de Minas”.


Ao todo, as oficinas somaram 65 participantes. As próximas ocorrerão nos estados da região Nordeste, nos dias 11, 12 e 13 de novembro, com inscrições disponíveis na nossa página. Para os estados do Espírito Santo e de Minas Gerais, as inscrições para o módulo 1 dos cursos de capacitação também já podem ser realizadas através do mesmo endereço, sendo gratuitas e com número de vagas limitado.



Oficina de apresentação em Montes Claros (MG)



Oficina de apresentação em Colatina (ES)




0 visualização
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
Contato